Identidade Visual: MTV Brasil [Refresh 2009]

titulo mtv refresh 2009

Anualmente, a cada mudança de programação, a MTV Brasil reformula sua identidade visual. São criadas novas vinhetas, chamadas e até aberturas (para programas novos e antigos). Mas em 2009, mesmo com novas vinhetas e chamadas, eles resolveram adotar os mesmo conceitos e linguagem aplicadas no ano anterior. Afinal, a retomada do canal com o cenário musical, da internet e da irreverência continua ainda mais forte. Dimitre Lima, foi responsável mais uma vez pela elaboração de novos grafismos envolvendo a técnica já adotada no ano anterior denominada de Processing, que utiliza animações e gráficos inicialmente aplicados nos estudos da linguagem de programação no contexto visual. Antes limitada a alguns rabiscos aleatórios e abstratos, agora a técnica é utilizada de forma mais elaborada, envolvendo até a construção da marca, ressaltando ainda mais o seu caráter mutacional. Outras características mantidas também foram a tipografia dos elementos de identidade e a apresentação formal unificada da assinatura nas aberturas dos programas. Todas continuaram com seus logotipos inseridos em uma extensão da forma do símbolo da MTV.

vinhetas mtv 2009

aberturas mtv 2009

identidade chamadas mtv 2009

>>> Ficha Técnica

Ano: 2009

Canal: MTV Brasil

Produção: Piloto, Alexandre Chalabi,
Rodrigo Pimenta, Guilherme Mendes, Beto Shibata
Edson Fukuda, Gabi Milanez, Geisa França, Dimitre Lima e Cris Lobo.

Som: Pump Audio

>>> Postado por André Luiz Sens

Evolução: Identidade visual do canal Five.

título evolução canal five

evolução marcas five

Foi lançado em 1997 um novo canal aberto que trazia mais uma opção de informação e entretenimento aos ingleses. Com o nome Channel 5, adotando o número de acesso, o canal trouxe já em sua estréia um conceito diferente calcado na diversão e na irreverência. Isso já ficava claro no vídeo de lançamento que trazia uma clipe com o grupo Spice Girls especialmente produzido com uma música que continha o slogan  “Give me 5!” (Dá me 5). Nesse clipe, o que mais chamava atenção, além das cantoras, era a profusão de cores . Todas essas cores, na verdade, combinavam com marca que era representada simplesmente pelo númeral dentro de uma circunferência e sobre 5 faixas, que faziam alusão as famosas barras multicoloridas televisivas. Nesse momento inauguravam vinhetas, produzidas pela agência Silverhammer, que traziam os elementos naturais como a água, flores e folhas em composições diferenciadas, com muito brilho, luz e cor.

Em 1999, há a primeira mudança visual no intuito de posicionar o canal como uma grande marca. E contrapondo ao excesso de cores, o branco ganhou mais espaço aliado ao conceito de construção com elementos como quebra-cabeças e tijolos. Além disso, estrelas da programação são trazidas para as vinhetas, que ganham uma linguagem mais unificada. Em 2000, novas celebridades foram inseridas em situações ainda mais irreverentes. E a marca foi colocada, não mais sendo construída, mas rompendo barreiras, dentro de uma forte representação de um furo.

Com a batuta de David Pullen, a identidade visual da emissora novamente é modificada com um conceito completamente diferenciado. As cores permaneceram, mas a intenção era, no entanto, tornar a marca mais sofisticada. Por isso, a identidade ganhou mais seriedade, sutileza e um aspecto que se aproximava do padrão americano.

Porém esse sofisticação parece não ter surtido o efeito desejado, já que em 2002, uma verdadeira transformação ocorre novamente na identidade visual. As barras coloridas somem, assim como as cores. Com isso, os grafismos e efeitos computadorizados foram trocados por cortes de cenas do cotidiano juntamente com a nova marca,  basicamente formada por um logotipo em letras minúsculas com uma fonte não serifada. E isso é acompanhada de uma distinta adoção do nome (empregado agora pelo numeral por extenso e sem a palavra “channel”). Em 2004, novas vinhetas foram abordadas com a temática da natureza. Mas a prinicipal diferença foram algumas intervenções gráficas realizadas na construção da marca para uma maior integração com o restante da cena, que antes aparecia branca e de forma repentina. Já em 2006, depois da consolidação dessa linguagem e da própria identidade visual, a palavra five é substituída por outras palavras que tem uma relação direta com as emoções e sentimentos, como: “life” (vida), “fear” (medo) e “love” (amor). Cada vinheta era relacionada a cada uma dessas palavras, que por sua vez, eram ainda mais integradas as cenas. Enquato isso, nas chamadas fazia-se o uso de uma composição minimalista sobre o vídeos ou fundos chapados com muitas áreas limpas e sem qualquer grafismo auxiliar.

Mesmo com o sucesso desse visual contemporâneo e único, em 2008 era hora de renovação e a empresa DixonBaxi foi convocada para promover uma mudança radical na identidade visual do canal Five. Além da produção das vinhetas e chamadas, foi estabelecido inclusive um sólido sistema de identidade para as variadas possibilidades de aplicação no vídeo. Nesse novo visual, voltaram com força elementos pertencentes a história do canal, como a irreverência e o colorido. Com isso, as vinhetas tornaram-se ainda mais bem humoradas, surrealistas e distintas, tanto em técnica como em linguagem. Já o logotipo foi completamente reestruturado. Tornou-se mais robusto e expressivo, principalmente devido ao retorno do elemento circular (elemento aliás amplamente adotado no universo televisivo) e a fonte em caixa alta.

No site This is Five, conta com um rico material detalhado de toda a história visual da emissora, incluindo todas as vinhetas e aberturas em vídeos e fotos desde o seu início e que merecem certamente serem conferidos.

vinhetas five 1997 a 1999vinhetas five 2000 a 2002

vinhetas five 2004 a 2006

chamadas five 2000 a 2002

vinhetas five 2006 a 2008

vinhetas five 2008 a 2009

chamadas five 2008 a 2009

Abaixo, seguem três vídeos que contam um pouco três períodos da história visual da emissora:

>>> Postado por André Luiz Sens

>>> Contribuições: This is Five, //DesignFlakes e TV Ark


Abertura: Paraíso.

título abertura paraíso 2009

O encontro de dois cavalos resume o que é a abertura da novela da seis Paraíso, que estreou nessa segunda-feira na Rede Globo. Além de revelar o contexto sertanejo no qual se passa a trama, os equinos fazem uma analogia ao romance do casal protagonista da novela Zé Eleutério e Maria Rita. O destaque, no entanto, estão para a fotografia das cenas que trazem os animais correndo um em direção ao outro, ao fundo de belíssimas paisagens das Chapadas dos Guimarães, justificando o nome do folhetim.  Paraíso, na verdade, é um remake da novela homônima de 1982. Nessa versão, o mote da trama já ficava explícito na abertura. As personagens e o romance deles já eram revelados na vinheta com cenas da própria novela.

Outra mudança significativa entre as duas versões é o logotipo que ganhou uma nova tipografia menos arredondada e contornos tridimensionais inseridos dentro do ambiente rural (mas precisamente mergulhado dentro de um lago). Em geral, Hans Donner, costuma dar somente uma repaginada na marca, mas dessa vez a mudança foi mais radical. Provavelmente pelo fato da anterior apresentar alguns problemas, como ter baixa pregnância, possuir uma difícil aplicação e não revelar de forma mais clara as características principais da novela.

marcas paraíso 1982 e 2009

abertura paraíso 2009

Veja abaixo, as aberturas das versões de 2009 e 1982, respectivamente:

>>> Ficha técnica

Ano: 2009

Canal: Rede Globo

Produção: Hans Donner

>>> Postado por André Luiz Sens

>>> Contribuições: Teledramaturgia

Identidade Visual: Sci Fi muda para Syfy.

título id syfy

marca antes e depois scifi = syfy

O canal direcionado aos apreciadores de ficção científica acaba de mudar sua marca. Mas isso não se restringiu somente a forma e a estética, mas também ao próprio nome! Agora, ele se chama “Syfy”. Não houve nenhuma modificação enquanto a pronúncia do nome, já que as palavras fonéticamente são iguais. Mas enquanto ao conceito, o canal mudou completamente. Segundo os idealizadores, a ideia é trazer uma abrangência maior de público.  Ou seja, o foco não está mais somente nos telespectadores apreciadores de filmes e séries no estilo “Star Trek” e “Battlestar Galactica”. Boa parte, aliás, formado por nerds ou nostálgicos, por exemplo. Agora o interesse está em trazer pessoas ligadas a outras esferas, como da tecnologia, internet e novas mídias, que nada mais são que as expressões contemporâneas mais próximas dos mundos futuristas retratados nos filmes. Além do slogan (“Imagine Greater”), isso fica claro também pelo nível de sofisticação dado à marca, devido a fonte moderna e a forma tridimensional fixada sobre um plano, apagando quase por completo a imagem de um canal de ficção científica. Essa característica intrínseca, no entanto, fica mais sutil, como no leve clima misterioso nela empregado.

Além disso, essa abrangência da marca se dará inclusive na formação de outros canais ligados a esse novo conceito, como o “Syfy Games”, “Syfy Films”,  “Syfy Adventure” e “Syfy Kids”.

>>> Ficha técnica

Ano: 2009

Canal: Syfy (antigo Sci Fi)

Produção: Landor

>>> Postado por André Luiz Sens

>>> Contribuições: Brand New e Sci Fi Wire

Portifólio Televisual: Brabo [Reel 2009].

título reel brabo 2009

Confira o demo reel 2009 da Brabo, estúdio de motion design pertecente ao Grupo Sal e que produziu excelentes trabalhos para a televisão nacional. Entres eles, estão algumas peças para a Rede Globo, com as aberturas de Ó Pai Ó e Três Irmãs, e para os canais Globosat, com as aberturas dos programas De Perto Ninguém é Normal e Conexões Urbanas. Em seu vídeo de apresentação de 2009, a equipe não se restringiu em fazer uma compilação dos trabalhos, mas de trazer algo a mais, como algumas animações que introduzem, encerram e costuram uma peça a outra. Essas animações, que utilizam diversas técnicas e materiais, mostram de certa forma a irreverência e o trabalho detalhado (e quase manual) da equipe na elaboração dos projetos.

Não deixe de dar uma olhada também no making of do trabalho no blog do Grupo Sal.

>>> Postado por André Luiz Sens

>>> Contribuições: Grupo Sal

Identidade Visual: Nickelodeon [Vinhetas 2009].

título identidade visual nickelodeon

Depois do Cartoon Network, foram lançadas pela Nickelodeon americana novas vinhetas institucionais que trazem uma série de bichinhos simpáticos como seus protagonistas. Baseados na estilização de alguns animais e da estética “toy art”, as personagens verdinhas são inseridas nas vinhetas de forma extremamente engraçada e divertida. E reforçam ainda mais, através de situações inusitadas,  o caráter mutacional da marca. Para isso, os vídeos empregaram uma mistura das técnicas de stop-motion e computação gráfica tridimensional. Na verdade, a produção foi realizada pelo estúdio Dyrdee Media em 2008 primeiramente para a Nickelodeon alemã, mas só agora foram utilizadas pela matriz americana.

vinhetas nickelodeon 2009

>>> Ficha Técnica

Ano: 2008

Canal:  Nickelodeon

Produção:  Dyrdee Media

>>> Postado por André Luiz Sens

>>> Contribuições: Com Limão e Ypsilon2

Departamento de Criação Visual do SBT.

título departamento criação visual sbt

Confira um vídeo produzido pelo SBT sobre o seu Departamento de Criação. Tirando a questão autopromocional, ele traz algumas explicações de como funciona o área e os profissionais responsáveis pelas chamadas, aberturas, vinhetas e todos os videografismos dos programas. Em cada canal, essa área apresenta nomes diferentes (na Rede Globo, por exemplo, o departamento se chama “Videographics”), mas no final das contas as funções são semelhantes.

>>> Postado por André Luiz Sens

>>> Contribuições: Audiência da TV

Abertura: 10 anos mais jovem.

título abertura 10 anos mais jovem

Estreou dia 6 de março no SBT, o programa 10 anos mais jovem, criado a partir do original “10 years younger” do canal TLC (e apresentado também no canal fechado Discovery Home and Health). Esse programa baseia-se na mesma fórmula de reality shows do estilo “transformação”, ou seja, através de diversos tratamentos e métodos estéticos, consegue-se amenizar a, digamos, falta de beleza das participantes. E para um programa que fala essencialmente de estética, vale algumas observações à abertura da versão brasileira, que faz pouco jus ao conceito da atração! Nela, são utilizadas uma composição de imagens de mulheres, objetos de salão de beleza, flores, partes do corpo, entre outros.  No entanto, a escolha dos elementos, o tratamento gráfico e até os movimentos parecem ter sido feitos de forma amadora e equivocada. Texturas de papel amassado e recortes propositalmente mal feitos tinham o intuito de fazer uma analogia ao processo pelo qual passam as participantes através da linguagem de uma colagem de recortes. No entanto, não é o que acaba acontecendo. Parece até que as silhuetas femininas ganharam mais rugas e um aspecto mais bestial. Até a marca gráfica, baseada no original americano, piorou em termos de composição e tipografia. Enfim, espero que o mesmo não esteja acontecendo com moças selecionadas para a atração.

comparação marcas 10 anos mais jovem

abertura 10 anos mais jovem

>>> Ficha Técnica

Canal: SBT

Ano: 2009

>>> Postado por André Luiz Sens